Projeto e Planejamento Urbano

Trabalhos: Projeto e Planejamento Urbano | Projeto Arquitetônico | Desenho Técnico | Trabalhos Acadêmicos

Esta página elenca alguns dos meus trabalhos na área de Projeto e Planejamento Urbano. Além destes trabalhos, há algum estudos desenvolvidos por iniciativa própria em Ideias.


Revitalização da Avenida Beira-Rio - Tietê

Proj07 Projeto urbano de revitalização da orla da margem esquerda do Rio Tietê, no centro de Tietê/SP, local conhecido por Avenida "Beira-Rio". O projeto ainda inclui a concepção formal de uma passarela sobre o rio.

Este é um projeto urbano de revitalização de uma área verde que se situa numa área próxima ao centro da cidade de Tietê/SP, entre a margem esquerda do Rio Tietê e a Avenida Fernando Costa, também conhecida como Avenida "Beira-Rio" (veja foto aérea da área de intervenção). O projeto possui uma área estimada de 31.000 m² e foi elaborado a pedido da Prefeitura do Município de Tietê pela sua Secretaria de Obras.

O local

O local do projeto se insere numa área do vale do Rio Tietê, dentro da zona urbana. O rio corta a cidade pelo seu centro; possui grande importância na formação da cidade, quando à ocupação urbana, organização viária, formação da identidade cultural e histórica, e é palco de manifestações religiosas. A avenida Fernando Costa, uma importante via urbana, passa pelo local margeando o rio, formando uma faixa de área verde (foto 1) que varia de 20 a 50 m de largura.

O local é pouco atraente à população, pois não oferece suporte adequado para que seja melhor aproveitado. A prática de caminhada e ciclismo é rara. Há presença de mato, faltam elementos de acesso e aproximação ao rio, a vista para o rio é bloqueada devido ao plantio de árvores deforma não racional. A calçada, de 2 a 6 m de largura, que margeia a área verde possui piso irregular (foto 2 e foto 3), e o tablado de madeira existente no local (um tipo de um deck) é muito pouco usado.

O local é passível de inundação em período de chuvas mais severas. Mas isso não deve ser visto como impedimento, pois se deve focar no aproveitamento da área pela população ao longo de todo ano, e não num período de alguns dias de cheias.

O projeto

O projeto de revitalização visa a reaproximação da população com o rio e recuperação de sua vista, resgatando-o como uma parte integrande da paisagem urbana. Foi elaborado considerando os usos atuais (religiosos e tráfego) e os potenciais resultantes da implantação do projeto (lazer, contemplação, comércio, turismo e regate das referências históricas da cidade). Devido à possibilidade de inundação, os elementos a implantar somente requerão manutenção simples e serem resitentes às cheias.

O projeto consiste de:

Adotou-se um traçado predominantemente curvo, harmonizando-se com a topografia, dando ao usuário a possibilidade de exploração, passeio e contemplação da área verde e do rio.

O deck de madeira, próximo à esquida com a rua Dr. Palinuro, seria transferido para próximo do atracadouro flutuante (ao norte), para melhor aproveitamento da vista para o rio e utilização especialmente pelas festividades religiosa como o encontro de canoas, que ocorre próximo do natal.

Plantas do Projeto

Amostras do projeto:

ThumbnailThumbnailThumbnail

^Ir ao topo

Estudo para a Praça do Bairro Cornélio Pires - Tietê

Proj1Elaboração de Estudo para implantação de área verde no Bairro Cornélio Pires, cidade de Tietê.

O Bairro Cornélio Pires é uma região da cidade de Tietê/SP, carente de áreas verdes e que sejam utilizáveis à população. É uma região popular, onde se faz necessária a existência de espaços de convívio público.

Em vista disto, a PK Engenharia pediu-me para que se fosse feito um estudo de uma praça numa área não urbanizada do bairro contendo vários "retalhos" destinados ao sistema de lazer, próximo de onde se propõe construir uma igreja.

O projeto consiste de: auditório de grama, academia, um parque infantil e mirante.

O Auditório de grama constitui-se de degraus gramado de 1,0 m de largura por 0,40 m de desnível em 50% de declividade, aproveitando a declividade do terreno.

Como mobiliário para a praça e parque ficaria como sugestão o do Programa Praça-Escola de Nova Iguaçu-RJ (2006-2007).

Todo o piso seria permeável. Os passeios serão de bloco de cimento intertravado. Gramado em nível dos passeios, resistente ao uso pelas pessoas. Árvores de pequeno e médio porte, de espécie nativa. Morrotes de terra gramado ou florido de 40 a 50 cm de altura no meio dos gramados, facilitando a permeabilidade e evitando o acúmulo de água, bem como tornando o local mais interessante aos moradores.


^Ir ao topo

Plano Diretor de Laranjal Paulista

Proj1Participação na Equipe Técnica do Plano Diretor de Laranjal Paulista e produção de mapas digitais.

Laranjal Paulista/SP é um município de 23.000 habitantes, e segundo o Estatuto da Cidade, deve elaborar e adotar um Plano Diretor.

O Plano Diretor é o instrumento básico da política de desenvolvimento e expansão urbana, e é parte integrante do processo de planejamento municipal. É elaborado com a participação da sociedade e aprovado pela Câmara Municipal. Sua função é ordernar o uso dos instrumentos do Estatuto da Cidade de forma a assegurar o atendimento das necessidades dos cidadãos quanto à qualidade de vida, à justiça social e ao desenvolvimento das atividades econômicas.

Participei diretamente dos trabalhos da Equipe Técnica do Plano Diretor (c. 2004) para a produção de desenhos, por prestação de serviços à Secretaria de Obras. Também tive participação direta na elaboração do Plano apresentando propostas espacialmente quando ao Zoneamento e Sistema Viário; fiz o levantamento de boa parte dos dados, e participei das audiências públicas, especialmente para apresentação do material.

Para produzir a maior parte dos mapas, utilizei duas bases digitais que eu já dispunha, originadas de dois mapas (área urbana e município) cedidos pela prefeitura (c. 2002), além de várias cartas planialtimétricas, também emprestadas pela Prefeitura. Fiz passar estas duas bases digitais sob um massivo trabalho de correção, atualização e ampliação, tornaram-se mais manipuláveis e receberam novos recursos (veja o antes e o depois). As áreas urbanas tiveram de ser refeitas em mais de 50%. Os mapas dos distritos foram totalmente refeitos.

Houve grande aproveitamento de material de diversas origens para produzir os mapas. Foram produzidos 53 mapas, abrangendo temas sociais, territoriais, políticos, econômicos e históricos, além de mapas das propostas do Plano.

(Nota: para download do Plano Diretor de Laranjal Paulista, veja em Downloads.)

Algumas amostras dos mapas:

ThumbnailThumbnailThumbnailThumbnail

^Ir ao topo

Outros serviços prestados

Outros serviços nos quais tive participação direta na elaboração do estudo e projeto, com outros profissionais e escritórios. Alguns deles eu estarei detalhando futuramente, com ilustrações e amostras dos projetos:

Futuramente eu estarei listando e detalhando mais sobre serviços prestados conforme a obtenção de material.


^Ir ao topo